Por quê eu parei de pintar o cabelo?

Eu já tive o cabelo preto, preto azulado, ruivo, vermelho.

No momento eu estou com a raiz na cor natural e o comprimento e as pontas loiras, e o simples fato de ter que colocar tanta química e passar por tantos processos para manter ele “bonito” e “saudável” têm me deixado muito angustiada.

Já faz algum tempo que eu venho refletindo sobre a decisão de parar de pintar o meu cabelo, e esse mês eu decidi dar uma chance à minha cor natural – o castanho médio. Provavelmente não será um processo rápido, mas estou determinada à trazer a saúde e a naturalidade de volta, em todos os aspectos de meu corpo.

Trago também mais benefícios abaixo, para quem está pensando em aderir ao cabelo natural ou até mesmo para você que nunca parou pra pensar nisso e que, tenho certeza, vai ficar tentada à fazê-lo:

1. Menos gastos

Todos sabemos que fios coloridos artificialmente necessitam de manutenção constante, reaplicação da tintura, hidratações e tratamentos extras para manter a saúde de um fio com química. Parando de pintar, podemos reduzir consideravelmente esses gastos.

2. Cabelo mais saudável

Falando em química, ela acaba modificando a própria estrutura do fio. Deixando de pintar, o cabelo volta a ficar mais hidratado e forte.

3. Reduz a preocupação

Não precisamos mais ficar nos preocupando se a raiz está aparecendo, se o loiro está amarelando, se o ruivo está ficando manchado.

4. Mais tempo de sobra

Sem pintar = sem precisar passar horas em um salão de beleza. Tempo esse que você pode ocupar com uma boa leitura, um bom filme, um passeio ou estar com quem você ama.

5. Originalidade

O último motivo mas talvez o mais importante de todos – seja você! Nossa beleza é única, nossa pele, a cor dos nossos olhos, o tom do nosso cabelo – Porque achar que precisa mudar algo disso para se sentir bem? Olhe para dentro e perceba o quando você é incrível, bem assim do jeitinho que você é!

Precisamos deixar bem claro que não importa se você pinta ou não pinta o teu cabelo, mas sim o motivo que te leva a fazê-lo. É olhar pra dentro, aprender a se ver linda no espelho ao teu natural e gostar de cada pedacinho de ti de olhos fechados para o que os outros pensam ou padrões impostos pela sociedade/cultura.

Deixe uma resposta